sábado, 10 de abril de 2010

Para sapo nenhum botar defeito

Por Manu Pereira / fotografia Emmanuel Denaui1

A entrada triunfal da bailarina Marcelle Schwonke já antecipava o espetáculo que seria o desfile da Lua. As princesas modernas, românticas e roqueiras, (será?), entraram em cena ao som de Lady Gaga.

Revisitando a extravagante realeza do século 18, justaucorps, broches, coletes, blazers e camisas, enfim uma porção de elementos relembrou a Belle époque. E para reforçar essa ideia, as modelos desfilaram usando coroas.

Agasalhos como a pala, casaqueto, trench coast, bolero e o cardigãn passearam entre tonalidades fortes, marrons e terrosas à cream colors, proporcionando elegância e uma irresistível vontade de vestir bem no inverno.

A meia calça e a meia sete-oitavos apareceram em quase todas as produções. Neste momento Lua, ela é uma peça curinga que faz qualquer produção bonita, dá leveza e deixa com cara de boa moça. A calça legging, também foi usada sob vestidos. Ela apareceu em tons coloridos para esquentar e iluminar as produções mais sóbrias.

Manguinhas bufantes, luvinhas de renda, tons neutros de rosé e amarelo das porcelanas antigas com acentos rosados e púrpuras resgataram o melhor do princess style.

Em um momento farm e charmoso do desfile, as modelos desfilaram usando botas country, meia calça e camisão xadrez, muitas vezes com cintos em tons de marrom e caramelo.

Também marcou presença na passarela a saia cós alto, algumas vezes em estilo bandagem, jaquetinha jeans marcada no ombro, babados, sainha balonê e vestidos estilo tubinho ou soltos esvoaçantes em tons de azul marinho, pastel, com ou sem cinto.

Digno de realeza!

 2 3 4 5

Nenhum comentário: